Por um triz…

Quase, por pouco, de raspão, tirou um fininho. Por um triz!

Quem nunca respirou aliviado e incrédulo depois de escapar ou ver alguém se livrar “por pouco” de uma situação de risco iminente?

Um segundo é o que basta. Justamente aquele em que a pessoa saiu do carro, atravessou a rua e quase foi esmagada junto com o veículo na colisão da qual escapou milagrosamente, por um triz.

Um atraso no embarque e alguém perdeu o voo que nunca chegou ao seu destino. Por pouco, muito pouco o cidadão sobreviveu, incrédulo por sobreviver à fatalidade.

Por destino, sorte ou providência divina, o tiro passou de raspão e a vítima escapou da morte quase que por um milagre. Tirou um fininho, dizem também, quando aquele enorme meteoro rasgou o céu a muitos quilômetros daqui, mas próximo o suficiente para causar um estrago e tanto, caso “encostasse” de raspão na crosta terrestre.

por um trisorte

Cenas surreais que às vezes redimensionam a fragilidade humana. O homem, exposto a todos os perigos, sobrevive inexplicavelmente a tragédias inacreditáveis. Quase…por pouco. Ufa!

Ainda que muitos tombem pelo caminho, prematuramente ou não, outros escaparão naquela fração de segundo que poderia ter sido decisiva para terminar com tudo num piscar de olhos. É quando a morte tira aquele fininho e passa tão próxima e rapidamente, que nem se percebe.

Todos os dias há relatos de “quase, por pouco, por um triz”, o que vale também para quem não conseguiu sair de fininho e foi atingido pela bala ou atropelado pelo caminhão desgovernado ou que chegou pontualmente para o embarque no avião que caiu.

Um segundo e tudo pode continuar sendo ou deixar de ser, para sempre. Susto da existência que o ser humano só percebe e se dá conta, obviamente, quando escapa e respira aliviado depois de descobrir que o meteoro passou rente sobre a sua cabeça e que está vivo por um triz.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s