Tu começas a ACREDITAR quando?

Sinônimo de acreditar: aceitar, estar ou ficar convencido da veracidade, existência ou ocorrência de afirmação ou fato, crer. Quem aqui não passou a acreditar pela aprovação de alguém?

Li no face, ouvi falar, parece que, meu médico disse, minha psicóloga me perguntou, eu achei que, meu amigo comprovou, meu pai enfatizou, o famoso aquele estava assim, o Cléber Grabalska narrou, o Potter disse, o Cléo Kuhn prometeu, o Karnal falou, a Monja Coen me fez pensar…

Quem aqui já não falou poucas e boas por não acreditar em algo que não conhecia?

  • Jaca é ruim! Já comeu?
  • Fulano não presta! Conhece ele?
  • Esse partido não é confiável! E o outro?
  • Coaching não é confiável! Conhece?
  • Ela é filho daquele bêbado! Qual o nome do pai?
  • A fulana tá se achando naquela foto! Qual o problema de se achar?
  • É drogada! Quem somos para julgar?

Tem tantas descobertas que achamos ser assim ou assado sem querer apreciar, fazer parte, ficar vulnerável para conhecer de fato.

Semana passada, dia 1º de agosto, tive o prazer de poder realizar um coaching de grupo a convite do grupo de bolão As Panteras aqui de Igrejinha. Você pode conferir como foi clicando aqui.
Já fiz parte sendo bolonista e filha de bolonista, já tive uma bola e sabia derrubar todos os pinos = fazer 145 pontos. Que difícil!

Eu amava as músicas que os grupos das panteras, das incríveis e das margaridas cantavam:
“Salve a nossa presidente, salve a nossa capitã, salve a nossa brincadeira que a turma é, da bola de madeira”
Tinha uma outra assim:
“É a brahma, é a brahma, é a brahma, é a brahma a mulher que eu amei, foi por causa desta brahma, muitos porres na vida eu tomei”…
E a do grupo de casais que na época meus pais ainda estavam casados, como esquecer?
“Moro em Jassanã se eu perder este trem, que sai agora às 11hs, só amanhã de manhã!”…

Quanta nostalgia! Poder lembrar do som dos pinos caindo, daquela embaladinha até pegar o ritmo para largar a bola de braço para frente, sem mexer a mão e largar na linha do movimento.

No final do mês de junho recebi a Camila, integrante do grupo das Panteras, que me procurou para que eu fizesse uma palestra. Debatíamos sobre o tema e lembro que a Camila queria algo bem “tchan” para as mulheres pós casadas e mães. Lembro de ter dito: “Camila, se trouxemos este tema, ninguém vem!” E logo veio a resposta para o tema trazido: “O que os outros vão falar?

Muri-

Aceitei o desafio e tenho a certeza que se a Camila não acreditasse em mim para trabalhar com este maravilhoso grupo de tantas mulheres que vieram, eu não aceitaria acreditar que seria possível e crer em mim mesma.

Dentre tantas trocas desta noite, trabalhamos o julgamento, a satisfação, a intenção e o reconhecimento.

Entendemos que nossas famílias e a sociedade nos fazem ter esta crença limitante: o que os outros vão falar? O que será que aconteceu?

Começa por nós mesmos!

Julgamos e entendemos que a cada julgamento, a gente se distancia de nós mesmos, de querer esconder o que talvez precisa ser visto e quem sabe, mostrado.

Pela nossa segurança, preferimos não mostrar, não só para os outros, como para nós mesmos.

E como vamos conseguir que não julguemos e não nos julguem mais?

Nos REconhecendo, nos aceitando, nos satisfazendo pelo o que somos e pelo que queremos, investindo mais tempo para olharmos para dentro e olhando bem nos olhos de quem está a nossa volta porque pode ser que nestes olhos esteja guardada a resposta pelo o que julgamos sem conhecer.

“Na cura da minha ferida, estavam vocês de braços abertos para me receber e cicatrizar a minha rejeição.”

Eu acredito em mim.
E você?

Com crença Muri Coach  🙏 ♥️

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s